sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Na barriga do boi


Com ritmo fluido e imaginário vibrante, o livro de estreia de Zé McGill ousa na experimentação, mesclando vozes, estilos e temas de forma criativa e original. Com um tom às vezes irônico ou mordaz, estas pequenas histórias se inscrevem na linha das obras de Twain, Fante e Bukowski – autores que sabem, como ninguém, trazer vida a cada frase destilada no papel. Numa escrita desnudada, sem afetações, os contos de McGill conquistam o leitor de uma só tacada e – das primeiras linhas aos desfechos surpreendentes – devem ser lidos num só fôlego.

Leia um conto de Na barriga do boi, de Zé McGill:
Na barriga do boi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

satara