segunda-feira, 13 de junho de 2011

Mensagem, de Fernando Pessoa

Treze de junho será sempre lembrado como a data de nascimento de um dos poetas mais fascinantes da língua portuguesa: Fernando Pessoa. Para assinalar a data em que Pessoa completaria 123 anos, reproduzimos o poema "D. Sebastião, Rei de Portugal" do livro Mensagem, o único que o poeta publicou em vida, quase um ano antes de sua morte. Contando com Cleonice Berardelli e Mauricio Matos como organizadores, a edição da 7Letras é fiel à primeira, de 1934, corrigida pelo próprio autor, e mantém sua ortografia original.

D. Sebastião, Rei de Portugal


Louco, sim, louco, porque quis grandeza
Qual a Sorte a não dá.
Não coube em mim minha certeza;
Por isso onde o areal está
Ficou meu ser que houve, não o que há.


Minha loucura, outros que me a tomem
Com o que nela ia.
Sem a loucura que é o homem
Mais que a besta sadia,
Cadáver adiado que procria?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

satara