quarta-feira, 1 de setembro de 2010

"Monodrama", de Carlito Azevedo, é um dos 10 finalistas do Portugal Telecom 2010





Monodrama, do poeta Carlito Azevedo é um dos 10 finalistas do Prêmio Portugal Telecom. Os vencedores (1º, 2º e 3º lugar) serão conhecidos no dia 8 de novembro. Confira abaixo a lista completa dos finalistas dessa 8ª edição:

A Passagem Tensa dos Corpos, de Carlos de Brito Mello (Companhia das Letras)
Avó Dezanove e o Segredo do Soviético, de Ondjaki (Companhia das Letras)
Caim, de José Saramago (Companhia das Letras)
Lar, de Armando Freitas Filho (Companhia das Letras)
Leite Derramado, de Chico Buarque (Companhia das Letras)
Monodrama, de Carlito Azevedo (7Letras)
O Filho da Mãe, de Bernardo Carvalho (Companhia das Letras)
Olhos Secos, de Bernardo Ajzenberg (Rocco)
Outra Vida, de Rodrigo Lacerda (Alfaguara/Objetiva)
Pornopopeia, de Reinaldo Moraes (Objetiva)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

satara